Ei, adeus.

Posted in Uncategorized by Vinícius . on janeiro 20, 2009

Eu vou embora, e não vou levar sequer uma gota do seu perfume.

Eu não vou levar você, que é o combustível de minha partida.

Eu te deixo como quem deixa a fome,  eu te deixo como quem  mata a sede na saliva, eu te deixo como quem vê algo mais além do céu.

Vejo em você todas as placas que vão me guiar.

Amanhã, quem fica com o vento do meu adeus?

Eu não quero mais ficar no vácuo do seu olhar, apenas isso.

Tchau.2059523