Posted in Uncategorized by Vinícius . on abril 11, 2013

estou num barco de ritualísticos hábitos navegando o meu mar adentro,

sentado a admirar languidamente a paisagem das complicações inevitáveis, 

estarrecido pela conjunção inalcançável dos nexos,

tomado da insignificância de ser mais um no todo complexo do povo.

 

Anúncios